estudo do livro dos espíritos

 

 

QUESTÃO 338 - O LIVRO DOS ESPÍRITOS -  Parte Segunda -Do mundo espírita ou mundo dos Espíritos
 CAPÍTULO VII
DA VOLTA DO ESPÍRITO À VIDA CORPORAL
 Prelúdio da volta
 338. Se acontecesse que muitos Espíritos se apresentassem para tomar determinado corpo destinado a nascer, que é o que decidiria sobre a qual deles pertenceria o corpo?
 “Muitos podem pedi-lo; mas, em tal caso, Deus é quem julga qual o mais capaz de desempenhar a missão a que a criança se destina. Porém, como já eu disse, o Espírito é designado antes que soe o instante em que haja de unir-se ao corpo.”
 COMENTÁRIO DO ESPÍRITO MIRAMEZ NA OBRA “FILOSOFIA ESPÍRITA”
É muito interessante à pergunta de "o Livro dos Espíritos", e a resposta é divinamente certa, principalmente para aquela época.
Assim se expressa o benfeitor espiritual: Muitos podem pedi-lo, mas, em tal caso, Deus é quem julga qual o mais capaz de desempenhar a missão a que a criança se destine. Porém, como já eu disse, o Espírito e designado antes que soe o instante em que haja de unir-se ao corpo.
Esse final da resposta do benfeitor esclarece tudo: "antes que soe o instante de unir-se ao corpo". A alma, bem antes da formação do corpo, já se encontra em companhia dos pais, e principalmente da sua futura mãe, procurando a força da sintonia, e é no momento da concepção que os primeiros laços são atados de certa forma que muitos ignoram. É a beleza da vida da criação!
Muitas religiões se apressam em pregar que o Espírito somente toma o corpo depois ou no instante em que a crianças vai nascer. Falta a esses irmãos um pouco de discernimento. A não ser no caso de alguns natimortos, aos quais nunca estiveram destinados Espíritos a reencarnar a união do Espírito ao corpo se dá já durante a formação do feto.
É linda a formação de uma criança no ninho uterino daquela que lhe serve de médium da vida física. Quando nasce uma criança, uma festa para o mundo espiritual, assim como quando do seu retomo.
As religiões e filosofias do mundo haverão de reformar suas convicções no tocante ao nascimento e morte, buscando na ciência espiritual os conhecimentos dessa arte de vestir corpos quando necessário, para que não venham ignorar a própria vida.
Além de o corpo já se encontrar escolhido para o que vai renascer, encontram-se, em todos os lares, Espíritos de alta categoria, como vigilantes da verdade, protetores do inquilino do céu que está de posse de uma vestimenta de carne. Se os futuros pais soubessem o valor do Culto do Evangelho no Lar, não deixariam de realizá-lo costumeiramente, a fim de manter um ambiente de paz, de modo a transmitir essa paz para o que vai nascer em nome de Deus e Jesus Cristo.
Esse pequeno trabalho de falar alguma coisa sobre "O Livro dos Espíritos” para despertar muitos espíritas sobre o dever de ler as obras básicas do Espiritismo, pois, ele é a fonte de muitas fontes que poderão saciar a nossa sede de conhecimentos, desde quando se busca essa água divina com honestidade e amor. Jesus Cristo tocou "o Livro dos Espíritos" com a sua mão divina, de modo que ele pudesse brilhar nas consciências e fazer o coração desprender o amor em todos os rumos. Pedimos ao Senhor dos Mundos que nos inspire nestes momentos em que estamos escrevendo pelos canais mediúnicos; que a mediunidade no futuro seja a reveladora mais coisas encontradas na natureza, a serem desprendidas do coração de Deus pelas vias do Cristo.

contato

Deixe-nos um recado

Assunto
Cores